Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por falcao, em 30.06.03
DIFERENÇAS DE CULTURAS



John Willis é o novo Director da área da BBC que produz programas de televisão da área documental e de ensino. Durante um ano trabalhou nos Estados Unidos, num canal de Boston a WGBH. Há poucos dias fez um curioso discurso sobre as diferenças na forma de produzir televisão entre os dois países, quer em programas de entretenimento, quer em noticiários. Willis não é meigo na análise e não hesita em dizer que os media norte-americanos em geral e os noticiários de televisão em particular muitas vezes ultrapassam os limites na opinião e na posição editorial de que partem para fazer os seus trabalhos.

Uma citação, com a devida vénia:

«Above all there was little or no debate. America’s political leaders remained unchallenged. Any lack of patriotism was punished with McCarthyite vigor, even in the television industry, where CBS’s Ed Gernon was summarily dismissed for a mild case of expressing his opinion. Public television was a rare haven for robust questioning and independent reporting, but PBS is relatively marginal to American culture.

Watching BBC World or seeing reporters from ITV, BBC and Sky within network reports or watching CSPAN’s coverage of British Parliamentary debates made me – and many Americans – realize just what the world’s largest democracy was missing. No wonder viewers for BBC America and BBC website hits rose significantly.

For all the warts on British television, a year in America has taught me just how lucky we are to have not just the BBC but a range of diversely funded channels with different layers of public service ambitions and obligations. The lesson from America is that if news and public affairs are left purely to the market, it will most likely give the government what it wants.»

O discurso na íntegra pode ser lido aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

...

por falcao, em 30.06.03
UMA DECISÃO HISTÓRICA PARA OS BLOGS

Um tribunal norte-americano considerou que blogs e algumas outras edições electrónicas não podem ser consideradas judicialmente responsáveis por conteúdos que transcrevem. A decisão, em última análise permite a continuada utilização dos blogs como fonte de difusão de informação - que eu acho que é das suas características mais relevantes pelo efeito de cascata que tão bem se exemplificou em Portugal com o caso Felgeuriras ou com o editorial do «DNA». Por outro lado a discussão em torno dos graus de responsabilidade relativa nos diversos media contribui para a discussão sobre o jornalismo e os blogs.

"One-way news publications have editors and fact-checkers, and they're not just selling information -- they're selling reliability," said Cindy Cohn, legal director of the Electronic Frontier Foundation. "But on blogs or e-mail lists, people aren't necessarily selling anything, they're just engaging in speech. That freedom of speech wouldn't exist if you were held liable for every piece of information you cut, paste and forward." - citada da revista WIRED.

Recomendo a todos a leitura integral do artigo sobre esta questão na nossa querida Wired

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58

...

por falcao, em 30.06.03
JORNALISMO EM ANÁLISE

Para quem gosta de seguir o mundo dos media recomenda-se vivamente uma visita a Jornalismo e Comunicação, um blog no âmbito do Mestrado em Informaçõo e Jornalismo da Universidade do Minho. Lá se espelha já a polémica entre esta ESQUINA e o OUTRO EU a propósito do jornalismo-reacção - assunto a desenvolver muito em breve. Mas hoje mesmo o que vale a pena ler no Jornalismo e Comunicação é o belo trabalho sobre a cobertura efectuada à marcha do orgulho gay.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:28

...

por falcao, em 30.06.03
A OUTRA HISTÓRIA

O abrupto apresenta uma grande sugestão:«Ainda ninguém se lembrou de fazer uma história de uma estrada moderna, como a EN 1 com a sua ascensão e decadência. Era interessante, quase que se podia fazer uma história de Portugal no século XX com base na EN 1. » Aqui está uma boa maneira de falar de História, ligando-a mais à vida das pessoas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03

...

por falcao, em 30.06.03
BLOG INFORMA

E pronto - aconteceu-me hoje pela primeira vez: apenhei uma notícia, em primeira mão, por um blog. Foi no bom Outro Eu de Carlos Vaz Marques que soube logo bem cedinho da morte de Katherine Hepburn, a mulher que teve o olhar mais sensual do cinema. O blog do CVM tem agora música e tem sempre boas informações. As entrevistas que ele faz ao fim da tarde na TSF fazem parte muito frequentemente dos meus dias. Agora, o Outro Eu também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

...

por falcao, em 28.06.03
A COISA ESTÁ PRETA...

Bom calor. Deve ser bom para a praia - isto é, para quem goste de praia. Ou então para quem goste de passear nos souks dos tempos modernos - bons souks, claro, com ar condicionado. Há bocado vinha eu em direcção a Lisboa, nos acessos á Ponte Vasco da Gama, e passei por um centro comercial novo, gigantesco, horrível, que abriu entre o Montijo e o Barreiro. Não cabia mais um carro no parque de estacionamento. Mesmo com crise estava tudo cheio. A abarrotar. Imagino corredores cheios de gente tudo a a lamber as montras, a mudar fraldas em fraldários, as mulheres a experimentarem roupas umas atrás das outras, os homens à espera delas, as crianças aos berros, o cheiro a comida frita pelo ar. Esta malta passou uma semana nas bichas para o emprego e no stress do trãnsito e enfia-se num sábado solarengo num Centro Comercial a abarrotar pelas costuras. Isto será normal? Sou eu que estou louco?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:24

...

por falcao, em 28.06.03
MANIPULAÇÕES

O «Expresso» tem uma vasta tradição a manipular resultados de sondagens com títulos extrapolados cuidadosamente. Na edição de hoje, em primeira página, titula «Esquerda bate Direita» e logo a seguir apresenta os resultados de uma sondagem em que, nas eleições presidenciais (por sinal aquelas onde há maior clivagem e rivalidade esquerda/direita), potenciais candidatos de direita derrotam potenciais candidatos de esquerda em 4 das 5 hipóteses referidas. Se lermos com atenção o artigo percebe-se que o único (e desgraçadamente habitual vencedor) é o malfadado centrão político. Por alguma razão o «Expresso» é o jornal de referência da classe política.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

...

por falcao, em 28.06.03
CONCERTÃO

O concerto do Trio de Bernardo Sassetti sexta à noite no Fórum Roma superou as minhas expectativas. Foi baseado, claro, no disco «Nocturno» de 2002, mas fez incursões por outras paragens. Bernardo Sassetti está numa grande fase, com um misto de energia e criatividade invulgares. Mas o que mais surpreende é a forma como o grupo se comporta, com uma perfeita compreensão entre Sassetti no piano, Carlos Barreto no baixo e Alexandre Frazão na bateria. Vale a pena dizer que Barreto é provavelmente o melhor contrabaixista português nos dias de hoje e que Alexandre Frazão (um já portuguesíssimo brasileiro) fez solos arrebatadores. Noite bem ganha esta, para começar o fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:01

...

por falcao, em 27.06.03
FANTÁSTICO TRABALHO

No «Diário de Notícias» de hoje vem uma notícia fantástica: página15, «Alberto Martins Furioso com Mota Amaral - Deputado socialista diz que foi a Sevilha em «trabalho político» e quer ver a sua falta ao plenário justificada». A história é simples. O deputado foi a Sevilha ver o Futebol Clube do Porto jogar (e vencer) a final da Taça UEFA, no passado dia 21 de Maio. Eleito pelo círculo do Porto, o deputado entende que foi ver o desafio de futebol em estrito trabalho político de manutenção de boa vizinhança com o descomplexado mundo do futebol e , presume-se, em particular com o notável Senhor Pinto da Costa. Quer dizer: O deputado Alberto Martins sofreu em ir a Sevilha em trabalho. Sobreviveu ao calorão porque era trabalho. Viu o jogo como um trabalhador. Entusiasmou-se com o cansaço do trabalho. Suou de toda esta trabalheira. Prazer, alegria pessaol, nicles. Foi tudo obrigação.

Parece que mais deputados entendem que ir à bola é trabalho. Se a moda pega para o ano, com os jogos do 2004, a coisa promete. O melhor é fechar o Parlamento para férias mais cedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

...

por falcao, em 27.06.03
IMAGENS

Abre hoje no Museu Nacional de Arte Antiga uma exposição de cerca de 350 fotografias de Carlos Relvas, fotógrafo português do século XIX que tem uma obra extensa e de elevada qualidade. Na Golegã existe a sua casa museu, com o estúdio que ele construíu e que, agora está a ser objecto de um meticuloso restauro quase concluído. É deliciosa a obra de Relvas e uma ida ao Museu é sempre um pretexto para descobrir os seus jardins sobre o Tejo e para parar um pouco na esplanada da cafetaria. Mais pormenores no IPM

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D