Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por falcao, em 30.08.04
A ESQUINA IMPRESSA

Na edição de sexta feira passada do «Jornal de Negócios» a Esquina rezava assim:

A ESQUINA DO RIO

(resumo dos dias que passam)



NO PAÍS – A negociação das transmissões televisivas da Super Liga, a interessante conjugação do trabalho de Trapattoni e de José Veiga e os respectivos resultados alcançados pelo Benfica deram o pontapé de saída; a admissão de erro por parte de Pinto da Costa na contratação de Del Neri e a nota oficial, declarando que a transmissão da final da Supertaça Europeia deve ser assegurada por um canal de sinal aberto, foram os episódios seguintes que dominaram a semana nacional, muito mais que a nova e importante Lei das Rendas que se vai discutir no início da nova sessão legislativa do Parlamento e que este jornal ontem aqui mostrou.



NO PS – Os três candidatos apresentaram as respectivas moções. João Soares apontou a regionalização como uma prioridade num partido que deseja «coerente, activo, interveniente e solidário». José Sócrates quer construir uma esquerda moderna e preconizou novos «Estados Gerais». Manuel Alegre propõe-se «modernizar o socialismo, modernizar a democracia, modernizar o país» e acusa Sócrates de ter o apoio de 95% do aparelho do partido. Uma sondagem on-line no site de João Soares dava a maioria dos votos a Sócrates com 51,7% dos votos dos mnilitantes socialistas. Numa sondagem idêntica no site da revista «Visão», quinta-feira de manhã, com cerca de 7000 votos expressos, Manuel Alegre recolhia 37,1%, José Sócrates 29,5% e João Soares 22,3%.



NO PSD – Reprogramações do Programa Pólis provocaram reacções diversas: Luis Filipe Menezes ameaçou demitir-se da Câmara de Gaia e provocar eleições antecipadas e Fernando Ruas, o autarca de Viseu que dirige a Associação Nacional de Municípios, admitiu que a programação financeira do Pólis seja ajustada à programação física do decorrer das obras. É mais que uma mera diferença de estilos – aqui estão duas maneiras de viver a política.



EM ATENAS: Todos os portugueses que conquistaram medalhas nos Jogos Olímpicos são exemplo para os desqualificados elementos da selecção de futebol e respectiva federação.



DÚVIDA: Rem Koolhaas foi o arquitecto autor do projecto da Casa da Música, obra iniciada em 1998 e que neste momento vai com uma factura três vezes superior ao plaaneado. Os seus projectos para a Biblioteca Municipal em Seattle e para o edifício da Tlevisão da China em Pequim são obras elogiadas em todo o mundo e que levantam as maiores expectativas. Seria curioso ouvi-lo sobre o que correu mal em Portugal.



NÚMEROS: Os Estados Unidos investem mais 130 mil milhões de euros que a União Europeia em investigação científica. A Suécia dedica ao assunto 4,3% do PIB, o Japão 3,1%, os Estados Unidos 2,7% e Portugal 0,9%.



MODA: Agências turísticas norte-americanas estão a oferecer excursões aos pontos visitados pelo personagem Robert Langdon no romance «O Codigo Da Vinci» por 2290 dolares e a procura é surpreendente. Em Milão formam-se filas enormes na Igreja de Santa Maria Della Grazie para ver o original da «Última Ceia» de Leonardo Da Vinci, obra que no mesmo livro se diz mostrar Maria Madalena (e não um apóstolo) do lado esquerdo de Jesus Cristo.



O MELHOR DA SEMANA: Nuno Cardoso, um cientista português, liderou a equipa que encontrou o mais pequeno planeta já descoberto fora do sistema solar.



O PIOR DA SEMANA: A sucessão de disparates em torno da questão das nomeações para os Gabinetes do Governo – falta de seriedade de quem acusa, falta de rigôr sobre uma matéria que está clara e transparente no «Diário da República». Demagogia, politiquice baixa e muito pouco moderna.



PERGUNTA: Porque é que o facto de Vladimir Putin ter salvo uma gaivota que estava com uma asa partida, caída à porta da sua casa de férias, dá notícia em tantos jornais?



SUGESTÃO: Uma ida ao cinema para ver o filme «Agente Triplo» de Eric Rohmer.





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

...

por falcao, em 24.08.04
E AS FONTES, SENHORES?

Até que ponto deve um jornalista proteger a identidade das suas fontes? Aqui está o tema proposto para reflexão pela Columbia Journalism Review num artigo de Mark Bowen que dá que pensar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:07

...

por falcao, em 24.08.04
PRADO COELHO TEM RAZÃO

Eduardo Prado Coelho escreveu hoje um texto que merece ficar guardado, porque toca no problema central que é a causa de grande parte dos problemas dos nossos políticos e da nossa imprensa: Ética precisa-se. Como de costume vem no Público, em «O Fio do Horizonte».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

...

por falcao, em 24.08.04
NOVO JORNALISMO

Ora leiam lá esta
The Internet is quickly becoming the world's primary source of information, writes Joe Trippi, the manager of Howard Dean's presidential campaign, in an opinion piece in the September issue of Wired. "Reporters begin every day by reading blogs. They're looking for the pulse of the people, for stories they might have missed. The blogosphere has become fundamental -- the plankton of the information ecology. ... In Iraq, the U.S. media is facing the same military censorship as they did during World War II. But skeptical Americans, hungry for real debate, can now go online and read foreign newspapers, listen to the BBC, and read blogs from people in other countries. The more homogeneous journalism becomes, the more it drives people to the Web. No newsroom, not at the New York Times or ABC, can scoop 100 million reporters
. Está no I Want Media

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:23

...

por falcao, em 23.08.04
MUITO OPORTUNO - PODER E IMPRENSA

No meio da discussão sobre formas de controle da imprensa pelo governo, o livrinho mostra que essa mistura além de explosiva pode ser letal para ambos.
- o livrinho de que se fala é «Getúlio Vargas e a Imprensa» e pode ter uma ideia do que lá se diz aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28

...

por falcao, em 23.08.04
UMA DECISÃO HISTÓRICA

A indústria dos discos e a indústria do cinema vão atirar-se ao ar, mas esta decisão judicial reportada na WIRED vai fazer história.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:13

...

por falcao, em 23.08.04
SOBRE A BOLA

Uma bela prosa sobre futebóis no imprescindível no mínimo brasileiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:11

...

por falcao, em 22.08.04
DE «O INDEPENDENTE

da passada sexta-feira:



INFORMAÇÃO E JUSTIÇA



Durante o último ano tornou-se evidente que Portugal vivia uma crise de costumes e uma grave crise na Justiça. Nas últimas semanas tornou-se patente que a crise na imprensa e no jornalismo é tão grande quanto a que existe na Justiça – e os problemas no jornalismo português evidenciam-se particularmente quando se trata de abordar casos precisamente na área da Justiça e do comportamento social.

O que se passou nas últimas semanas veio apenas mostrar o que muita gente já intuía: as notícias sobre processos judiciais em curso emanam dos próprios orgãos de investigação, existem relações de promiscuidade entre polícias, magistrados e jornalistas. Há quem ache que a divulgação pública de uma suspeita pode fazer acelerar uma investigação, há quem ache que se pode publicar tudo o que se ouve. Quando se entra neste registo não há limites e cedo começou a existir contra-informação, vinda de todos os lados.

O sistema Judicial é suposto ter por objectivo garantir a igualdade dos cidadãos perante a Lei. Como se sabe isso está longe de acontecer. Os jornalistas são supostos reportar factos, procurar a verdade e fugir a manipulações. Como se sabe isto não tem acontecido.

Recentemente alguns grandes jornais norte-americanos fizeram um pacto simples e que por si só resolve muitos dos problemas: não se publicam notícias de fontes não identificadas. So há notícia se houver fonte identificada a responsabilizar-se por ela. Pode ser que se percam algumas coisas, mas ganha-se a guerra contra o boato, ganha-se a guerra contra as manobras de contra-informação, contra as suspeitas lançadas por anónimos. Ganha-se mais do que se perde. E, a médio prazo, os jornais ganham credibilidade e a confiança dos leitores, sem terem que recorrer a violações de segredos de justiça dados por fontes não identificadas. Isto é simples e básico – e este é um daqueles momentos em que temos que voltar aos princípios.



Manuel Falcão

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

...

por falcao, em 22.08.04
A ESQUINA IMPRESSA

Aqui fica a Esquina de sexta passada, no Jornal de Negócios:

PORTUGAL:

João Soares defendeu que devem ser tornados públicos os rendimentos dos dirigentes socialistas, nomeadamente os que ocupam ou ocuparam cargos oficiais. António Costa criticou Manuel Alegre acusando-o de se comportar como «detentor da verdade sagrada» e «guardião do templo».António Mega Ferreira elogiou Manuel Alegre. Emídio Rangel elogiou José Sócrates. Siza Vieira elogiou João Soares. Não vai haver frente a frente entre os candidatos à liderança do PS, apenas um debate entre os três. O Procurador Geral da República sobreviveu à crise gerada pela divulgação de conversas entre um jornalista e a porta-voz da procuradoria onde terá sido violado o segredo de justiça. Em Julho foram detidas 28 pessoas, só no distrito de Vila Real, sob suspeita de fogo posto. A aplicação do novo Código do Trabalho gerou uma queda de 69,4%nas convenções colectivas no 2º trimestre deste ano. 4200 estabelecimentos de ensino pré-escolar vão receber computadores e software numa iniciativa cooordenada pela Unidade de Missão Inovação e Conhecimento (UMIC). Uma das mais prestigiadas agências de avaliação financeira, a Moody’s, elaborou um relatório sobre a cidade de Lisboa que considera como boas a gestão da cidade, a capacidade de crédito do município e os planos de desenvolvimento da cidade. A Procuradoria Geral da República considerou que Carmona Rodrigues tem todas as condições para exercer o mandato de Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, situação que era contestada pela oposição Ao fim do primeiro mês em funções os primeiros balanços publicados da actuação do Governo são positivos. A Galp comprou os direitos à exploração em 20 blocos petrolíferos no Brasil.

A prestação portuguesa nos jogos olímpicos tem sido abaixo das expectativas. A imprensa classificou de «humilhante» a actuação da equipa de futebol portuguesa nos Jogos Olímpicos. Luis Figo anunciou que deixaria de integrar a Selecção Nacional. Portugal foi recordista europeu nos valores totais de transacção de jogadores de futebol nesta pré-época.



LÁ FORA:

Durão Barroso foi muito elogiado pela forma como constituíu a equipa de comissários europeus – um bom táctico com sentido de euilíbrio é o resumo das apreciações da imprensa internacional. Numa sondagem publicada esta semana, 95% dos irlandeses declararam-se a favor das rígidas proibições de fumar em locais públicos adoptados este ano. Em Itália 12 clubes de futebol foram acusados de estarem envolvidos em apostas ilegais. Hugo Chávez ganhou o referendo na Venezuela e continua Presidente da República. Uma mulher foi condenada na República Popular da China por gerir um site de strip-tease. Donald Trump anunciou falência mais uma vez e os direitos à utilização da marca Trump ficaram nas mãos do banco de investimentos Credit Suisse First Bonston. Com 89 anos morreu Paul Neal «red» Adair, o homem que se tornou célebre a apagar os mais difíceis incênciso em poços de petróleo e refinarias. As acções da Google foram postas à venda a 85 dolares, o que projecta o valor da companhia para 23 mil milhões de dolares; Google, o motor de busca na internet mais utilizado no Mundo com 200 milhões de utilizadores diários, colocou à venda 19,6 milhões de acções, cerca de 15% do total da companhia. Entre 2 e 12 de Agosto, a cadeia de televisão norte-americanas ABC apresentou a cobertura mais favorável a John Kerry e no mesmo período a NBC teve a cobertura mais negativa em relação ao presidente Bush, segundo o Media Tenor Institute, uma organização independente.



O MELHOR DA SEMANA: O bom ambiente da renovada Trattoria (Rua Artilharia Um 79), quer no buffet de almoço quer à noite, sobretudo às quintas-feiras. Em qualquer dia vale a pena provar os escalopes com molho de limão. Fantásticos.



O PIOR DA SEMANA: Ver o Tejo aos quadradinhos por causa das redes com arame farpado instaladas no Porto de Lisboa. Mais uma vez a cidade é afastada do seu rio.



A VERGONHA: No primeiro jogo a Selecção Olímpica portuguesa de futebol perdeu com o Iraque. No terceiro perdeu com a Costa Rica. Em ambas as partidas houve jogadores portugueses expulsos, Cristinano Ronaldo deu um murro a um adversário, chegou a haver luta no campo no final do último jogo – tudo muito longe do ideal olímpico e da ética desportiva: é assim o futebol que temos, essa boçalidade evidente que vai apalermando o país.



PERGUNTA: A regulamentação sobre os recintos deportivos e as fatídicas balizas existe, o que acontece a quem não cumpre a Lei?



SUGESTÃO: Visitem o Bairro Alto à noite nestes dias de Verão: o encerramento de trânsito trouxe mais gente para as ruas, há mais restaurantes e bares e estão todos cheios de turistas e nacionais. Um bom sinal.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13

...

por falcao, em 16.08.04
A ESQUINA IMPRESSA

(publicada sexta-feira passada no «Jornal de Negócios»



A ESQUINA DO RIO

resumo dos dias que passam



CÁ DENTRO: O «Diário de Notícias» de sábado noticiava que «namoradas dos deputados passam a ter viagens pagas». No «Expresso», José António Saraiva propôs a construção de uma nova capital no interior, na esteira de Brasília, ou daquilo que se soube ser a intenção do Governo sul-coreano, que vai construir uma nova capital a 160 kms a sul de Seul. 25% da floresta portuguesa ardeu na última década. Um jornalista do «Correio da Manhã» alertou para o roubo de cassettes com gravações de conversas com diversas fontes que contactou no âmbito da investigação jornalística do caso «Casa Pia». Por causa da fuga das referidas gravações o director nacional da Polícia Judiciária demitiu-se, sob suspeita de ter violado o segredo de justiça e revelou que ele e a sua família eram alvos de pressões. O Governo propôs um pacto de regime sobre a Justiça e nomeou como Director Nacional da Judiciária um juiz que já havia sido indicado para o mesmo cargo pelo Governo PS. O Bloco de Esquerda diz que só faz pactos com a democracia. O Bastonário da Ordem dos Advogados aplaudiu a iniciativa, centrada na revisão do Código Penal e do Código de Processo Penal, parada na Assemblea da República desde o início de 2003. Eduardo Prado Coelho apoiou Manuel Alegre para a liderança do PS e Mário Soares alertou contra «jogos no aparelho do partido», enquanto sublinhava que na sua opinião Marcelo Rebelo de Sousa é «divertido e estimulante». O Ministro dos Negócios Estrangeiros, António Monteiro, alterou grande parte das colocações de embaixadores feitas por Martins da Cruz. Só na primeira semana de Agosto a Brigada de Trânsito registou 2676 manobras perigosas e 35 mortos e 105 feridos graves em acidentes de viação. Dos 46 militares da GNR que esta semana partiram para o Iraque, 14 já lá tinham estado e quiseram voltar.





LÁ FORA: Um acidente numa central nuclear no Japão matou quatro pessoas. A ETA voltou à actividade com duas bombas no fim de semana, sem vítimas mortais. No mesmo período, no Iraque, verificaram-se 43 mortos em diversos atentados. Os Espanhóis são os que mais vão ao cinema na Europa, à frente da Alemanha, França e Reino Unido: cada espanhol compra por ano 3,18 bilhetes de cinema a um preço médio de 4,7 euros (em Portugal o valor médio do bilhete de cinema é 3,7 euros). Um ensaio inédito da escritora Virgina Wolf, sobre a vida em Londres nos anos 30, foi encontrado na Biblioteca da Univerisdade de Sussex. A campeã mundial dos 100 metros, a norte-americana Toni Edwards foi afastada dos Jogos Olímpicos, que hoje começam em Atenas, sob acusação de doping. A Grécia endividou-se em seis mil milhões de euros para assegurar as infraestruturas para as Olimpíadas. O Reino Unido autorizou a clonagem de embriões humanos com fins terapêuticos. A TVE cortou as transmissões de touradas durante o Verão invocando razões financeiras. A NASA anunciou nova missão a Marte para Agosto de 2005. O Pato Donald fez 70 anos dia 9 de Junho e esta semana teve direito a uma estrela no Passeio da Fama em Hollywood. Fay Wray, actriz de cinema, morreu aos 96 anos: contracenou com Gary Cooper e Spencer Tracy mas ficou para a história como a miúda que lutou com o gorila King Kong. A capa da revista britãnica «The Spectator» desta semana titula «The World Has Never Been a Better Place» e lá dentro o artigo sublinha que «esta é a mais feliz, saudável e pacífica época na História da humanidade». O comércio electrónico fez dez anos dia 11 de Agosto, aniversário do site Netmarket. Nos Estados unidos o comércio electrónico representará este ano 144 milhões de dólares, 6,6% do total das transacções comerciais naquele país.





O MELHOR DA SEMANA: «Preciso de fazer alguma coisa mais gratificante do que estar aqui no Parlamento» - disse Vicente Jorge Silva, que confessou desejar voltar a ser crítico de cinema para que sobre os filmes surjam «textos mais claros e úteis» do que aqueles que hoje em dia são dados à estampa.



O PIOR DA SEMANA: O novo anúncio de cerveja «Os homens preferem as Sagres».



PERGUNTA: Porque é que as receitas de Francisco José Viegas na «Grande Reportagem» não são editadas em livro?





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D