Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



35 MILHÕES PARA A SUCATA

por falcao, em 20.11.12

Nunca hei-de perceber bem a história do aeroporto de Beja – inaugurado há cerca de um ano e meio, e que basicamente tem estado vazio – cerca de centena e meia de voos registados nesse tempo e cerca de 2000 passageiros no total. O aeroporto custou mais de 35 milhões de euros, dispõe de todas as infra-estruturas necessárias, acontece é que não tem procura. Entre Julho a Setembro deste ano nem um só passageiro lá desembarcou.

 

É para mim um mistério porque é que alguém se lembrou de construir tal coisa no meio de Beja, zona que, para além de ter certamente muitos encantos, não é propriamente um destino turístico procurados por palettes ou resmas de estrangeiros, de qualquer nacionalidade. As estimativas que basearam a decisão da construção apontavam para um milhão de passageiros nos primeiros 4 anos de funcionamento.Quer-me parecer que alguém se enganou de forma muito grosseira para legitimar a decisão da construção, tomada no primeiro governo de Sócrates.

 

Claro que nestas coisas alguém ganha – quem fez o estudo ganhou alguma coisa, os construtores deverão também ter ganho alguma coisa, quem vendeu equipamentos também terá tido o seu lucro (e nem quero pensar que quem tomou a decisão possa ter tido também uns incentivos…) – mas na realidade todos nós contribuintes só temos prejuízo a registar.

 

Para todos os efeitos Beja é um aeroporto com muito poucos aviões – ou pelo menos tem sido. Digo isto porque um dos planos para rentabilizar o aeroporto passa por o transformar numa estrutura destinada a desmantelamento e reciclagem de aeronaves em fim de vida. Dito por outras palavras, um aeroporto moderno, construído e equipado para receber turistas, vai ser utilizado como central de sucata – sucata sofisticada, mas sucata à mesma. Não me parece nada normal.

 

(Publicado no Metro de 20 de Novembro)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Blondewithaphd a 21.11.2012 às 11:23

Parece que agora também lá têm uma escola superior qualquer sem alunos...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D