Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por falcao, em 20.12.04
PRÉ-NATAL



PERFUME – Uma antiga marca de água de colónia espanhola, muito contrabandeada na raia fronteiriça nos idos anos 60, a Tabu, está a planear um regresso em força ao mercado português assente numa agressiva campanha de publicidade que utiliza a imagem de alguns dos principais políticos portugueses, da esquerda à direita, sob o slogan «Eu tenho um Tabu».



QUEIJO – A grande dúvida do momento é saber, caso seja o PS o partido mais votado, qual a qualidade do queijo que escolherá para garantir votos na Assembleia da República. Decorre um estudo de mercado entre aderentes ao Bloco de Esquerda sobre a qualidade do queijo que mais apreciam, embora tudo indica que o Roquefort seja o preferido – o que já está a causar alguns embaraços entre os socialistas. Do lado do PCP a escolha é conhecida: Serpa genuíno. Entre as cosmopolitas misturas e odores do Roquefort ou a genuidade dos produtos rurais alentejanos, a contenda promete.



COMPROMISSO – Os dirigentes do Compromisso Portugal fizeram uma ronda entre partidos a fazer passar a mensagem: « não me comprometa!». Depois deste périplo começou a circular que está em estudo a alteração da designação deste grupo de pressão de empresários e uma das hipóteses em cima da mesa é «Super Heróis». Outra é «Sempre Escuteiros».



DÚVIDA – Bagão Félix chegou ao Governo carregando a capa do homem eficaz, com ideias e bom-senso. A sua passagem pelas Finanças levanta algumas dúvidas sobre a sua verdadeira natureza – ainda para mais depois do recente estrondo em torno da operação de lease-back dos imóveis do Estado e da confusão com os responsáveis de organismos que os ocupam. A menos que tudo isto não seja mais do que reflexos da desorientação criada entre os benfiquistas depois da derrota frente ao Belenenses: se ser Ministro das Finanças já custa, sê-lo com um Benfica destes no pensamento é ainda mais difícil.



SITES – Se experimentarem dar uma volta pelas páginas da net dos principais partidos verão que apesar do muito palavreado sobre democracia on line, a coisa está preta. Mesmo assim o PS é o que se salva mais, já com a campanha a correr. O do PSD pouco passa de um boletim interno com discursos e comunicados de imprensa. O do PCP é totalmente desinteressante sem nada de novo e do Bloco de Esquerda é o mais careta de todos em termos gráficos e de conteúdo. O do PP limita-se a dizer «volte em breve» desde há uns meses.



CONSTATAÇÃO DA SEMANA – A Esfinge nada disse.



PERGUNTA DA SEMANA – Afinal como deve o Presidente interpretar os resultados das eleições?



BACK TO BASICS – Tentar agradar a toda a gente é meio caminho andado para a derrota.



COMIDINHA – Os almoços no Speakeasy, o bar de jazz da Rocha do Conde de óbidos. Reservas pelo 213 909 166. Boa música de fundo, boa comida portuguesa, do bacalhau com grão ao cozido. Garrafeira curta mas boa.



IMPERDÍVEL –A edição deste mês da revista «Egoísta», capa amarela, com lápis de côr anexos, é inteiramente dedicada às crianças. E é uma excelente prenda para qualquer adulto passar uma noite a ver fotografias e desenhos e a ler magníficos textos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2003
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D