Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por falcao, em 10.10.07
BOM – Fiquei a saber, pela voz informada de José António Salvador, que a casta de uvas Touriga Nacional está a ser estudada por Universidades norte-americanas que a consideram particularmente interessante. Desejaria que o mesmo estivesse a acontecer em algumas Universidades portuguesas - senão qualquer dia estamos nós a produzir Syrahs e Cabernets Sauvignons e os americanos e neo-zelandeses a exportar Touriga Nacional – que como Salvador não hesita em dizer, «é a melhor casta do mundo».


MAU – Os notáveis do PSD davam como certa a eleição de Marques Mendes – o pior cego é o que não quer ver e toma os seus desejos por realidades. É espantoso como tanta gente, que parece ser tão brilhante, se surpreendeu com o que estava à vista: havia um enorme descontentamento para com a liderança partidária de Marques Mendes.


PÉSSIMO – As escutas reveladas pelo semanário «Sol» mostram como Rui Pereira, Ministro da Administração Interna, é um adepto e praticante do tráfico de influências. Noutros países ele já se teria demitido depois do que veio a lume sobre os seus esforços para encontrar uma sinecurazinha influente antes de se tornar Ministro.


O MUNDO AO CONTRÁRIO – Parece que o PSD vai virar à esquerda com Luís Filipe Menezes – mais Estado, mais obras públicas, menos sociedade civil, menos liberalismo. O bloco central virado de pernas para o ar?


INDEFESOS – O Presidente da Câmara de Lisboa, ex-Ministro da Administração Interna, chamou aos Paços do Concelho, para uma recepção, os seus ex-colegas europeus, que estavam na cidade numa iniciativa da Presidência da Comunidade, precisamente à hora em que decorria uma manifestação de polícias. Deve ter sido para os proteger.


DÚVIDA – Onde anda a retórica de José Sá Fernandes?


PETISCAR – Tenho, dos passarinhos fritos, uma imagem de um petisco, comido ao lanche, nos tempos de infância, a meio das férias grandes, no Alentejo. Há anos que não me deliciava com o assunto, até ter dado esta semana com o Solar do Kadete, ao Cais do Sodré. Para além de passarinhos fritos bem pequeninos e deliciosos (a um euro a unidade), aqui se podem comer belas moelas, morcelas, pica pau e petiscos variados. Experimente chegar lá ao fim do dia e pedir meia dúzia de passarinhos fritos com uma imperial. Ele há vidas bem piores… Solar do Kadete, Cais do Sodré 2, tel 21 342 72 55.


LER – Philip Roth é um dos mais importantes romancistas contemporâneos, um dos mais universais em termos das preocupações e obsessões que explora (o amor, a solidão, a perda, as recordações de infância, a morte), um autor que centra no homem e nas suas circunstâncias toda a sua obra. O seu romance deste ano (que é já o quinto deste século), chama-se «Everyman» e foi traduzido para português como «Todo-O-Mundo». Francisco José Viegas, que defende que Roth devia ser o próximo Nobel da Literatura, diz que este livro é «um curtíssimo relato, rigoroso e desesperado» e ao mesmo tempo «um fantástico exemplo de simplicidade narrativa e de humanidade». Não tenho nada a acrescentar. A edição portuguesa, bem traduzida, é da Dom Quixote.


OUVIR – Mesmo podendo ser música «de domingos à tarde», Diana Krall tem uma capacidade de interpretação (em parte porque é contida e felizmente pouco teatral), que faz dela uma referência no jazz vocal. «The Very Best Of Diana Krall» é uma nova colectânea que reúne algumas das suas melhores gravações dos grandes standards americanos e a curiosidade de três registos inéditos, interpretações de Krall dos temas «Only The Lonely» de Frank Sinatra, «You Go To My Head» de Billie Holiday e uma inesperada interpretação de «The Heart Of Saturday Night» de Tom Waits. A edição especial junta ao CD um DVD com diverso material, entre o qual versões ao vivo de «Fly Me To The Moon» ou «Let’s Face The Music And Dance». CD/DVD Verve, distribuição Universal Music.



PERGUNTANDO… Porque é que não aumentam o tamanho das balizas de futebol para ver se há mais golos? Uma das coisas mais irritantes no futebol é que é o desporto onde há mais jogos que acabam empatados. Tem mesmo que ser assim?


BACK TO BASICS – «O problema do país é a ASAE não cumprir devidamente o seu papel. Há por aí muitos políticos e quadros dirigentes que já ultrapassaram largamente o prazo de validade» , Bartoon, de Luís Afonso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D