Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por falcao, em 13.05.07
NOTA - ESTA SEMANA «A ESQUINA DO RIO», por boa decisão do editor do suplemento «week-end», às sextas no «Jornal de Negócios», foi escrita como se estivéssemos em 2011, daqui a quatro anos. Por isso o tom dos parágrafos seguintes.

A SEMANA em Maio de 2011- A Ordem dos Engenheiros atribuíu esta semana uma cédula profissional ao ex-Primeiro Ministro José Sócrates… Novas eleições autárquicas intercalares são esperadas para a Câmara Municipal de Lisboa no espaço de dois a três meses, após anos de sucessivos actos eleitorais que apenas aprofundaram a crise existente… Marques Mendes foi nomeado coordenador do Grupo Parlamentar de Investigação sobre a história recente da oposição em Portugal… O novo partido Liberal, saído de quadros do PP e do PSD descontentes com as suas direcções, realiza no próximo fim de semana a sua primeira convenção nacional … João Cravinho regressou esta semana de Londres, após ter terminado o seu mandato no organismo internacional onde esteve colocado, mas o actual secretário-geral do PS, António Vitorino, afirmou já que não tenciona subscrever o pacote anti-corrupção que o histórico dirigente socialista persiste em apresentar no Parlamento.

LER – O mercado está inundado de livros de memórias de ex-políticos que relatam todas as peripécias da sua passagem pelo Poder. Os mais recentes, de Paulo Portas e José Sócrates, estão na lista dos títulos mais vendidos, o mesmo não acontecendo com os «Relatos Pessoais» de Francisco Louçã a quem os críticos acusam de ter feito uma narrativa sem pormenores aliciantes. Os direitos de passagem a televisão do livro de Sócrates está a ser negociado com o envolvimento directo de Pina Moura: «A TVI sempre teve a melhor produção de ficção nacional», referiu.

VER – Portugal continua atrasadíssimo na atribuição das licenças para a Televisão Digital Terrestre e o último concurso, realizado em 2010, foi mais uma vez contestado judicialmente por um dos concorrentes ; o grupo Cofina e a Controlinveste continuam a reivindicar o direito a terem licenças no novo espectro de emissão digital, mas os grupos mais antigos do sector têm dificultado essas pretensões; numa declaração recente o responsável do maior grupo de comunicação estrangeiro em Portugal, um ex Ministro do PS e ex-dirigente do PC, sublinhou estar convicto que as suas boas relações políticas e a sua influência nas esferas do poder têm sido suficientes para dificultar a vida à concorrência.

OUVIR- Confesso que cada vez ouço menos discos, embora ouça mais música. A introdução da rádio digital há um ano atrás abriu um enorme campo de possibilidades, com rádios temáticas bem segmentadas. A Europa LX (antiga FM 90.4 Lisboa) naturalmente vocacionada para ser a rádio de referência do jazz, acompanha-me grande parte dos dias. O resto anda no iPhone ou no computador. Outro dia pus um CD a tocar e a minha neta perguntou-me que raio de coisa era aquela.

RARIDADE – A derradeira Rua de Lisboa cujo piso resiste sem buracos foi ontem fechada ao trânsito automóvel e considerada zona protegida. Está a decorrer um programa de visitas de estudo, por jovens alunos das escolas da Capital, para terem uma ideia de como era a pavimentação das artérias da cidade na altura em que havia ainda manutenção e reparações.

PETISCAR – O aquecimento global alterou de tal forma a sazonalidade dos produtos que, estamos agora em Maio e já desaparecem as sardinhas desta temporada. De facto desde há cerca de dois anos que as sardinhas têm começado a surgir cada vez mais cedo e este ano foi em finais de Fevereiro que apareceram as primeiras boas sardinhas. Como a Feira Popular continua sem abrir, resta procurar algum tasco simpático por esta cidade de Lisboa onde se possa comer o petisco.

BACK TO BASICS – «O Senhor Ministro é um homem de qualidades invísiveis» - diálogo do premonitório filme de Edgar Pêra, «Rio Turvo», estreado há quatro anos, antes de Mário Lino não ter conseguido impor a construção do aeroporto da OTA. O filme contava a história da construção de um aeroporto no Ribatejo, sob a inspiração mitológica de um bode chamado Sócrates. As limitações ao direito de expressão existentes na época levaram o realizador a rebaptizar o bicho como Platão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:09



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2003
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D