Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



APITOS, NOMEAÇÕES E PRAZERES

por falcao, em 08.04.08

(Publicado no Jornal de Negócios de 3 de Abril)


 


VARRIDELA – Há quem diga que os últimos desenvolvimentos do Apito Dourado desprestigiam e põem em causa a imagem do Futebol. Eu acho é que põem em causa o mundo do velho futebol, das negociatas e das influências de poder, dos não olham a meios para atingir objectivos, de dirigentes mais preocupados com o poder e vantagens pessoais do que com o desporto. Era bom que isto fosse o princípio de uma varridela de mudança de mentalidades, métodos e funcionamento. De cima a baixo, a começar pela Federação, a passar pela forma como a Selecção é dirigida e a terminar nas SAD’s dos clubes. 


SIMPATIA - Nas últimas semanas o Ministério da Cultura anunciou duas nomeações interessantes: Pedro Mexia para subdirector da Cinemateca e Jorge Barreto Xavier para Director-Geral das Artes. São boas escolhas, inesperadas q.b., com aquele toque de alargamento do espectro de apoio que às vezes os políticos gostam de usar quando chegam a um cargo novo. Só espero que este Ministro se decida a falar um pouco das políticas e prioridades que pretende implementar, e não se reduza a escolhas, sempre importantes, de pessoas para dirigir áreas sensíveis do seu Ministério. É que boas pessoas sem políticas definidas não fazem milagres, e, a avaliar por duas citações da semana passada na imprensa, a única linha política defendida publicamente pelo Ministro nas suas conversas sobre o tema é a de insistir em «fazer omoletas sem ovos». O problema é que essa tem sido a linha política deste Governo na Cultura e o resultado está à vista. Se não mudar a mentalidade do Primeiro Ministro sobre este assunto e se este Ministro não conseguir ter peso político para influenciar as decisões orçamentais, então não poderá fazer muito mais que nomeações simpáticas. 


BOM – Serralves continua a ser um exemplo de bom funcionamento na área das instituições culturais. Sábado passado casa cheia para o final da exposição de Robert Rauschenberg, que levou mais de 120.000 visitantes a descobrir um dos mais provocadores e marcantes artistas contemporâneos, numa mostra que permanentemente colocava questões.  À noite, no Auditório, um dos nomes de referência da dança contemporânea norte americana, a companhia de Trisha Brown. Em paralelo pode continuar a ser vista uma exposição de Alexandre Pomar, mostrando uma faceta pouco conhecida do artista e uma autêntica revelação, a de um português radicado há décadas em Paris, Alvess, que apresenta uma obra de uma diversidade e originalidade muito curiosas – ambas até 20 de Abril. 


REVELADOR – Aqui vai mais uma prova de como o mundo da comunicação está a mudar rapidamente. Em meados de Março, Barack Obama fez um discurso, em Filadélfia, acerca do relacionamento entre diferentes raças. Transmitido pela televisão, esse discurso teve, em directo, quatro milhões de espectadores. No espaço de uma semana o vídeo do mesmo discurso, no You Tube, registou 3,8 milhões de visionamentos, praticamente a mesma audiência da TV. Nestas eleições o You Tube é o local onde surgem as imagens que moldam a campanha, não só dos candidatos, mas também de acontecimentos que eles referem nos seus discursos ou até os seus spots publicitários. Mas o pior aconteceu a Hillary Clinton, quando uma das pessoas utilizadas na sua campanha, com base em imagens de arquivo, apareceu no You Tube a apoiar Obama e a criticar a forma de actuar da senadora. Por cá, já se sabe, o You Tube foi o responsável por, de repente, toda a gente ter percebido que alguma coisa vai muito mal dentro das escolas. 


PARABÉNS – As Produções Fictícias, fundadas por Nuno Artur Silva, fizeram quinze anos e provaram como é possível trabalhar de forma continuada na área da escrita para televisão, do humor e, mais recentemente, na publicidade. Mas a maior prova do sucesso da incubadora de talentos em que as Produções Fictícias se tornou veio no dia a seguir, quando um dos produtos lá nascidos, os Gato Fedorento, fizeram um simultâneo nos três canais comerciais de sinal aberto para lançamento do novo serviço de televisão por assinatura da PT, o Meo. É a melhor prenda que as Produções Fictícias podiam ter. E uma ideia brilhante da PT. 


OUVIR – O CD de estreia do grupo Rita Red Shoes é verdadeiramennte surpreendente no panorama das edições nacionais. Canções pop deliciosas, arranjos imaginativos, ritmos constantes e, claro, a voz de Rita, limpída, modulada, envolvente e, acima de tudo, interpretativa e sensível. Temos pois cantora, autora de canções, criadora de conceito, co-produtora, música sobretudo - é que Rita tornou-se conhecida como a pianista da banda de David Fonseca e vocalista do tema «Dream On Girl», mas antes disso foi baterista num grupo de teatro em 1996 e depois baixista dos Rebel Red Dog. «Golden Era», o seu disco de estreia, é uma compilação de experiências, muito cuidado do ponto de vista musical e de conceito visual. Uma obra bem pop que pode ser vista em www.myspace.com/ritaredshoes. CD IPlay-Valentim de Carvalho. 


PETISCAR – Gosto de petiscar nos bares dos hotéis, geralmente trazem boas surpresas. Esta semana experimentei, pela primeira vez, um petisco chamado prego do lombo em bolo de caco, o delicioso pão redondo e achatado, de massa muito leve, originário da Madeira e dos Açores. A coisa passou-se no Poivron Rouge, o bar do Tiara-Park Atlantic (ex-Meridien), no Porto. A carne era deliciosa, a mistura com o paladar invulgar do bolo do caco resulta mesmo bem, fica um prego verdadeiramente inesperado. A grande vantagem dos bares dos hotéis reside, regra geral, na qualidade do serviço e no conforto das instalações. E o preço não é muito diferente de outros bares. Este Poivron Rouge convence: Avenida da Boavista 1446, Porto. 


BACK TO BASICS – Somos aquilo que repetidamente fazemos, Aristóteles. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:47


2 comentários

Sem imagem de perfil

De a_opiniao a 11.04.2008 às 09:36

Excelente o seu Post!
Quanto ao Petiscar.... Fiquei com água na boca em relação ao prego do lombo em bolo de caco!!!! E só são 9:36!!!!
Sem imagem de perfil

De a_opiniao a 11.04.2008 às 09:37

Excelente o seu Post!
Quanto ao Petiscar.... Fiquei com água na boca em relação ao prego do lombo em bolo de caco!!!! E só são 9:36!!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2003
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D