Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



RB 3030 Outdoorsman RB 3030 Outdoorsman Mens Aviator

O título desta nota é extraído de  uma canção brilhante dos Timbuk 3, já com uns anos,mas que reflecte bem a situação em que nos encontramos.


 


Uma das coisas que me deixa surpreendido é que o PSD esteja sistematicamente a confundir dois planos: o estratégico e o táctico.


 


Como bem disse aqui o meu blogmate LPM, o pano de fundo da actual campanha está condicionado pelas regras que forem ditadas por quem nos vai prestar ajuda financeira.


 


Por isso se percebe mal que o PS tenha apresentado um programa que ignora esta circunstância, dias antes de as conclusões da troika serem conhecidas, e que o PSD se desdobre em iniciativas que estão fora do estreito corredor onde a acção política efectiva se poderá processar, como parecem muitas das ideias surgidas da iniciativa «Mais Sociedade».


 


Eu, se fosse aos promotores da iniciativa «Mais Sociedade», tinha pura e simplesmente arrumado as coisas até depois das eleições - porque a missão de pensamento estratégico deste think-tank ficou irremediavelmente comprometida pela convocação súbita de eleições e pelas circunstâncias em que elas vão decorrer - com o pano de fundo do acordo que a troika financiadora pretende obter dos principais partidos.


 


Ainda por cima, mesmo que não existisse troika, dificilmente as reflexões estratégicas a médio longo prazo que a «Mais Sociedade» pretende produzir seriam úteis e eficazes do ponto de vista táctico face à conjuntura existente.


 


RB 3029 Outdoorsman II Mens Aviator 

Quarta-feira, no «Negócios da Semana» (SIC Notícias), José Gomes Ferreira teve a presença de António Carrapatoso e João Duque e tivemos ali um bom exemplo de como estes dois promotores da iniciativa (mais João Duque que Carrapatoso) não compreendem que estão a falar num tempo diferente daquele em que estão a reflectir - o que provoca que as suas reflexões, nesta altura, e não sendo para acção imediata, como ambos acabaram por dizer, sejam absolutamente contraproducentes do ponto de vista objectivo quanto à clareza da mensagem de uma oposição ao PS.


 


João Duque, por exemplo, quando abordou a questão das formas de o Estado intervir no desemprego, passou sempre ao lado do facto de actualmente estarmos perante um crescente desemprego qualificado, que cada vez atinge mais pessoas acima dos 45 anos, com experiência e formação, e que não encontram apoio na reconversão profissional por parte dos organismos do Estado (preparados basicamente para o desemprego desqualificado), organismos que não estão minimamente preparados para lidar com estas novas situações - e que são as que vão crescer a curto-médio prazo. Como passou por cima desta realidade preconizou medidas gerais que só podem causar perplexidade aos novos desempregados - antagonizando-os.


 


Na sequência desta conversa de ontem na SIC Notícias fui ver o site do «Mais Sociedade» e a primeira impressão, dos documentos e de alguns papers que lá se encontram, é que basicamente apanham generalidades e pecam por falta de atenção ao detalhe - o que é natural porque a convocação de eleições veio encurtar o tempo previsto para a reflexão. Por exemplo na área da cultura o vazio de ideias é confrangedor face à realidade e existe até, paradoxalmente, um espírito predominantemente estatista e burocrático, em aparente contradição com outras áreas da iniciativa. Assim, no meio desta confusão, faria talvez mais sentido parar o processo e retomá-lo mais à frente, fora da pressão eleitoral.


 


É que, a continuar, a confusão das mensagens apenas penaliza aqueles a quem era suposto fornecer inputs. E, salvo erro, o objectivo da acção política é ganhar o poder para depois tomar medidas. Claro que convém saber o que se vai fazer em termos imediatos - mas isso, infelizmente está condicionado. E não estamos portanto a falar de estratégia a longo prazo, devemos falar de táctica para ganhar o poder e executar da melhor forma um programa que em grande parte é ditado pelas circunstãncias sem grande margem para fugas. O futuro imediato não será brilhante. É escusado pintá-lo ainda mais de negro.


 


RB 2140 Original Wayfarer RB 2140 Original Wayfarer Mens Square

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:33



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D