Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MANOBRA DE DIVERSÃO

por falcao, em 31.01.12

A manobra das fontes cavaquistas apareceu como? Quem ficou a ganhar com as notícias? - essa é a melhor forma de procurar a sua autoria. Deixou de se falar da insensibilidade social de Cavaco, não foi?- Aqui fica o meu artigo no Metro de hoje.


 


Os meus estimados leitores terão talvez reparado que em dois dias seguidos, no Sábado e depois no Domingo, dois jornais faziam manchete de notícias que anunciavam divergências entre Cavaco Silva e o Governo, a propósito de políticas sociais. No Sábado o “Expresso” titulava «Cavaco Contra Estado Mínimo de Passos Coelho». E no Domingo o “Público” escrevia «Cavaquistas querem que Vitor Gaspar saia».


 


O “Expresso” dizia que existe uma divisão profunda entre São Bento e Belém, em temas como cortes na despesa sobretudo em áreas como a Função Pública e a Saúde. O “Público” anunciava que cavaquistas consideram o Ministro das Finanças, Vitor Gaspar, como um ultraliberal que estaria a destruir o modelo económico e social construído desde 1974.


 


Se lerem com atenção as notícias publicadas pelos dois jornais repararão que elas reproduzem rumores e não têm uma única citação nova, identificada, que corrobore os respectivos títulos.


 


Durante a semana passada Cavaco Silva foi criticado pela forma como falou dos seus rendimentos e despesas pessoais, transmitindo a imagem de um homem insensível às dificuldades de muitas pessoas no actual clima de austeridade. O seu comportamento levantou um coro de protestos.


Os seus conselheiros acharam que era preciso “tirar as castanhas do lume”.


 


Ora, que fazer quando alguém se colocou na berlinda? A resposta é velha como o mundo – atira-se outro para o mesmo lugar, para se deixar de falar de nós e criar um ruído maior do que aquele que nos atinge.


 


Esta manobra de diversão, com rumores e sem fontes, reverteu o argumento da insensibilidade social para cima do Governo, colocando Cavaco como o paladino das boas causas. Mas só acredita nisto quem quer, é claro. 


 


 


(Publicado no diário Metro de 31 de Janeiro)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D