Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A POLÍCIA E OS DIREITOS

por falcao, em 27.03.12

Quando acontecem situações como os confrontos entre a polícia e manifestantes, ocorridos na semana passada, há algumas coisas que merecem ser consideradas.


 


Em primeiro lugar  -  e este é um princípio básico – a liberdade de cada um de nós termina quando colide com a liberdade dos outros. Portanto, comportamentos violentos, venham de onde vierem, são sempre uma interferência na liberdade de terceiros.


 


Em segundo lugar, quer os promotores das manifestações, quer as autoridades policiais têm o dever de não permitir a existência nem de provocadores nem de elementos descontrolados no seu seio.


 


E em terceiro lugar a polícia não tem o direito de agredir por dá cá aquela palha e deve estar treinada para resistir e conter e não para ser um exemplo de selvajaria – e deve estar particularmente capacitada de que não pode responder de forma descontrolada a provocações, se elas existirem


 


Este tema das provocações traz à baila outra questão que é urgente ser conhecida – numa manifestação anterior, há pouco tempo, também perto do Largo de Camões, ficou no ar a dúvida se a polícia estaria ela própria a utilizar elementos infiltrados nas manifestações, e assim sendo, ficou também no ar a possibilidade de esses polícias infiltrados terem ou não agido como provocadores. A PSP escusa de se escandalizar com isto porque é sabido que as polícias usam infiltrados ( e eu duvido da legitimidade para o fazerem…) e em especial sabe-se que no caso das claques de futebol isso acontece com frequência.


 


Ora confundir manifestantes e exercício de liberdade de opinião e manifestação  com claques de futebol é o pior que podia acontecer. Eu espero que o inquérito à atuação da polícia, infiltrados incluídos, seja rápido, honesto e esclarecedor. Será utopia?


 


(Já depois destas linhas publicadas li o que o DN publicou sobre um relatório alarmista do SIS que previa para o dia da greve geral um princípio de guerra civil com explosões, cocktails molotov. O relatório foi enviado á PSP. Até que ponto é o delírio destes espiões da treta do SIS foi responsável pelo comportamento da PSP? A quem interessa espicaçar a polícia? Cá para mim quem esteve na origem das más situações que se criaram acabou por ser o SIS.)


 


(publicado no Metro de dia 27 de Março)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:07



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D