Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O que mudou na televisão portuguesa?

por falcao, em 21.11.20

TV antiga.jpg

A mudança mais significativa acontecida no último ano foi a diminuição do número de espectadores dos canais generalistas de sinal aberto (RTP1, RTP2, SIC e TVI). Actualmente cerca de metade do total dos espectadores de televisão preferem canais de cabo e serviços de streaming. Netflix, HBO, Disney e Amazon são os principais players – e já captam o interesse de cerca de 15% do total de espectadores, tendo estado a crescer ao longo de 2020. Ao fim de semana a sua relevância é ainda maior, chegando a andar perto dos 20%. Por isso, nos fins de semana, cada vez com maior frequência, a soma do share de audiência do conjunto de canais de cabo e de streaming ultrapassa os 50%. No entanto é preciso ter em conta que metade da audiência global concentrada nas mão da SIC, TVI e RTP1 é significativo e, do ponto de vista da importância comercial da publicidade, a televisão generalista garante uma cobertura que mais nenhum meio consegue igualar.

Se olharmos para o panorama nacional registamos ao longo do ano uma aproximação da TVI à SIC, que agora tem estado à distancia de dois pontos percentuais quando em Janeiro se situava nos seis pontos percentuais de diferença. A SIC continua a liderar, a TVI vai subindo e a RTP1 mantém alguma estabilidade. Os conteúdos mais consumidos pelos espectadores nos canais generalistas são transmissões de futebol, novelas, informação e reality shows. No cabo os líderes são a CMTV, seguido da Globo e da SIC Notícias. Nos canais de séries a FOX afirma-se claramente como líder.

Outra realidade que é preciso ter em conta, com a proliferação de ecrãs móveis e smart TV’s, é evidenciada por um recente estudo da Marktest, o Bareme Internet 2020: um milhão e 672 mil  portugueses costumam ver Televisão online, ou seja 19.5% dos residentes no Continente com 15 e mais anos e 25.8% dos internautas nacionais nesta faixa etária. Os homens a revelar uma taxa de consumo de TV online bastante superior à das mulheres, de 25% e 14.6% respetivamente A classe social revela igualmente comportamentos muito diferenciados, com os valores a baixar gradualmente de 35.2% junto das classes mais altas para 6.3% junto das mais baixas. O estudo da Marktest indica também que entre as idades encontramos igualmente diferenças importantes, com os mais jovens a registar um valor quase dez vezes superior ao dos mais velhos. 32% dos portugueses com menos de 35 anos tem o hábito de ver Tv online, face aos 3.2% dos indivíduos com mais de 64 anos que também o faz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48


3 comentários

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 23.11.2020 às 20:55

Curioso pq tbm costumo ver programas à posteriori, seja na box seja na internet/youtube.
Sem imagem de perfil

De Manuel da Costa a 24.11.2020 às 09:11

Uma das razões é que os mais velhos não "desperdiçam" 8730 milhões de euros (valores gastos em internet móvel, não profissional, em 2019) em Portugal, para terem um telemóvel de 1500 euros que dá estilo e serve para o mesmo que o de 100 euros. Esses são os alvos dos serviços de streaming (se se juntarem 5 já ultrapassa os 140 euros mensais, entre operadora de cabo, streaming e internet móvel) e do youtube. Ora, actualmente, as operadoras de telemóveis tem 96% de lucro da operação de internet móvel. Tem de a impulsionar, pois 9 em cada 10 utilizadores tem menos de 30 anos. É daí que os valores sobem.
A TVI tem investido mais de 100 milhões de euros, na operação de subida de audiência, mesmo assim, estão 11 pontos abaixo das previsões... principalmente devido aos programas da tarde e do big brother. Desde as compras milionárias (gastaram 36 milhões a contratar funcionários da SIC e 11 milhões da RTP, desde a mudança dos proprietários da empresa mãe, alguns tem ordenados de 120000 euros mensais, sem contar com a Cristina que recebe 383000 euros mais 40% da publicidade vendida) até ao aumento de cachet de algumas das "estrelas" da estação. Vamos ver se não corre mal, pois se a publicidade não melhora, o canal pode ficar em pior situação do que estava em 2019.
Imagem de perfil

De Lobi a 24.11.2020 às 11:17

Eu falo por mim consumo pouca televisão, apenas vejo alguns progrmas como o "The voice", o telejornal, não tenho paciencia para os progrmas da manhã ou da tarde por por vezes exploram a dor das pessoas. Vejo mesmo series da netflix e youtube nos tempos que cnsigo estar a ver televisão.
https://ohomemlobo.blogs.sapo.pt/o-que-os-outros-falam-de-mim-28743

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2003
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D